sábado, 12 de agosto de 2017

Ainda querem me fazer atrasado mental?

Vídeo inclinado no SLB x SC Braga, by BTV e Fábio Veríssimo

Na segunda parte o Benfica fez o 3-1, nós fizemos mais dois golos... Mas se o videoárbitro está aqui pela veracidade do jogo... Um desses golos é limpo. O Seferovic está a colocar o nosso jogador Ricardo Horta em jogo. Não sei se ganharia o jogo, mas pelo menos voltaríamos ao jogo
Abel Ferreira, treinador do SC Braga, no final do jogo com o SLB


Na sequência do primeiro jogo oficial desta época (o jogo da Supertaça entre os encarnados de Lisboa e o Vitória de Guimarães), no qual, em pouco mais de 30 minutos, assistimos ao cardápio (quase) completo dos habituais “erros de arbitragem” a favor do SLB, escrevi o seguinte:

«Vídeo-árbitro?
Como é que vídeo-árbitro haveria de resolver alguma coisa, se os árbitros do vídeo são os mesmos árbitros que, nos últimos anos, andaram nos relvados a “estender tapetes vermelhos”?
Estou cada vez mais convencido, que isto só pode mudar com outros árbitros, porque estes estão viciados no colinho.»

Pois, não foi preciso esperar muito para ver esta convicção/previsão confirmada. Foi logo na 1ª jornada do campeonato, na deslocação do SC Braga ao estádio da Luz (outra vez o SLB!).

“Vídeoquê?”, Francisco J. Marques na sua conta do Twitter

«Começou aquele que ficará conhecido como o campeonato dos vídeo-padres»
‘Baluarte Dragão’, 09-08-2017


Perante “vídeo decisões” cirúrgicas que, não tenho dúvidas, se irão repetir ao longo da época,…
… os diretores de comunicação do FC Porto e do Sporting podem ironizar;
… os adeptos podem “postar” dezenas de fotos, partilhar centenas de textos e escrever milhares de comentários indignados nas redes sociais;
… os comentadores-adeptos, portistas ou sportinguistas, podem aproveitar a onda e “berrar” nos jornais e nas TV’s;
… que, lamentavelmente, o efeito prático será nulo.

No país do nacional-benfiquismo e com este lote de árbitros (escolhidos a dedo durante a última década), é uma ilusão acreditarmos que algo de substancial mudará. E a razão deste meu cepticismo é simples.

Quem, ao longo da última década, classificou e selecionou este lote de árbitros de 1ª categoria?
(“Hoje o SLB manda mesmo e outros já não mexem nada”, e-mail de Adão Mendes, em 28 de janeiro de 2014)

Quem escolheu os atuais árbitros internacionais, particularmente os designados “internacionais proveta”?
(“Quanto às missas temos bons padres para todas, incluindo as da liga e as da Juvente operária”, e-mail de Adão Mendes, em 27 de janeiro de 2014)

Quem “ordenou” os designados “padres” e “vídeo-padres”?
(“Vamos ter os padres que escolhemos e ordenamos, nas missas que celebramos”, e-mail de Adão Mendes, em 28 de janeiro de 2014)

Acham mesmo, que é por fazermos muito barulho nas redes sociais que este estado de coisas vai mudar?

Eles (SLB) controlam de tal forma o sector da arbitragem (nas suas várias vertentes), que gozam com as queixas e, inclusive, até aproveitam as denúncias para promoverem iniciativas de marketing.

#colinho, red pass, camisolas Nhaga

Sejamos realistas.

Enquanto nada acontecer aos “padres”, que foram sendo ordenados nos últimos anos;

Enquanto os “internacionais proveta” continuarem, sorridentes, a ostentar as insígnias da FIFA;

Enquanto indivíduos como Bruno Paixão, Tiago Martins, Fábio Veríssimo, Nuno Almeida, Vasco Santos, Bruno Esteves, Manuel Mota, entre outros e respetivos “padres” assistentes, continuarem a “passear a sua classe” nos relvados portugueses (de “apito encarnado” na boca), ou atrás de uma (B)TV;

Enquanto não houver uma alteração radical no atual lote de árbitros;

Enquanto o medo e a cultura de subserviência ao SLB, que grassa no sector da arbitragem, persistir;
(“Hoje quem nos prejudicar sabe que é punido”, e-mail de Adão Mendes, em 28 de janeiro de 2014)

Nada de substancial irá mudar.

3 comentários:

Luís Negroni disse...

"Enquanto nada acontecer aos "padres"..."; Pois, se calhar, isto só lá vai, se os padres tiverem que fazer uma opção difícil entre o clubismo/carreirismo e a sua(deles) saúde. Enquanto os padrecos sem vergonha nem carácter continuarem a gozar de boa saúde apesar das sacanices e patifarias que fazem constantemente a favor do clube do regime e da mentira desportiva nada mudará. Quem não tem dignidade, nem vergonha nem carácter só muda através do medo.

Nuno Pimenta disse...

Só um aparte: hoje, 14 de Agosto de 2017, menos de 24 horas depois de um empurrão do Cristiano Ronaldo ao árbitro na supertaça espanhola, foi decidido o castigo; também hoje, 14 de Agosto de 2017, 4 meses e 10 dias depois de um soco do samaris a um jogador do moreirense, foi decidido... peço desculpa, ainda não foi decidido nada!

António Ferreira disse...

não ha nada polemico 45min e 55 seg. penalty sobre o Ricardo lateral direito do FCP não assinalado, o FCP podia fazer 2-0 e arrumava o jogo, mas nem VAR nem nada tal como a avestruz, escondem a cabeça num buraco e esperam que passe, o lance e repetido aos 46min 22seg, diz Freitas Lobo "falta por marcar sobre Ricardo" mas não diz penalty pq sera?