sábado, 29 de dezembro de 2018

Que a Final Four não seja um presente envenenado


«O jogo com o Belenenses, no Jamor, é o primeiro de uma série terrível para os dragões, com seis desafios nos próximos 20 dias, que podem vir a ser nove nos próximos 30, se a Taça da Liga, entretanto, correr bem.»


Correr bem? Na Taça da Liga (este ano designada Allianz Cup) o que é correr bem?

Na minha opinião, correr bem é não haver lesões, nem acentuar o desgaste dos jogadores com mais minutos nas pernas, de modo a não comprometer o seu desempenho nas competições que realmente interessam.

A Taça da Liga deve ser o palco, por excelência, dos jogadores menos utilizados, que têm nesta competição oportunidade para mostrarem não ser por acaso que integram o plantel da equipa principal do FC Porto.

Por exemplo, os laterais João Pedro e Jorge ou os centrais Mbemba e Diogo Leite, se não jogarem na Taça da Liga, vão jogar quando?

Já agora, o que dizem os regulamentos?

-------

«Artigo 15.º do REGULAMENTO DA ALLIANZ CUP
Obrigatoriedade de participação de jogadores

1. A partir da segunda fase, inclusive, os clubes são obrigados a fazer participar nas suas equipas em cada jogo pelo menos cinco jogadores que tenham sido incluídos na ficha técnica (efetivos ou suplentes) em um dos dois jogos oficiais imediatamente anteriores da época em curso, salvo caso de força maior, comunicado à Liga Portugal com a antecedência mínima de cinco dias antes da realização do respetivo jogo e, desde que, os motivos invocados sejam considerados pela Liga
Portugal como justificados.

2. Os clubes são também obrigados a incluir na ficha técnica como efetivos, em cada jogo disputado, pelo menos dois jogadores formados localmente, tal como definidos no Regulamento das Competições (atual n.º 11 do artigo 77.º).

3. Os jogadores incluídos na ficha técnica nos termos do número anterior têm que ser utilizados em pelo menos 45 minutos do jogo, salvo em caso de força maior.»


-------

Os dois jogos oficiais imediatamente anteriores ao Belenenses SAD x FC Porto de amanhã, foram:

18-12-2018, FC Porto x Moreirense, para a Taça de Portugal
23-12-2018, FC Porto x Rio Ave, para o Campeonato

Nestes dois jogos, foram incluídos na ficha técnica (efetivos ou suplentes), os seguintes jogadores:

Casillas, Fabiano, Vaná, Maxi, Felipe, Militão, Mbemba, Alex Telles, Danilo, Herrera, Óliver, Sérgio Oliveira, Otávio, Brahimi, Hernâni, Corona, Marega, Soares, Adrián López. André Pereira

Destes 20 jogadores, dois deles contam como formados localmente: Sérgio Oliveira e André Pereira.

Dito isto, ganhar é o nosso destino.

Eu também quero ganhar sempre e uma 16ª vitória seguida seria um feito bonito, mas se isso implicar chegar à Vila das Aves, no dia 3 de janeiro, com um onze menos capaz para um jogo que será uma batalha, não, obrigado.

Sérgio Conceição tem feito “milagres” com o plantel à sua disposição, mas a equipa denota cansaço e isso foi bem visível na 2ª parte do último jogo (FC Porto x Rio Ave).

Ponderando tudo isto, e já com dois jogadores indisponíveis por lesão (Aboubakar e Otávio), Felipe, Militão, Alex Telles, Danilo, Brahimi e Marega nem deviam ser convocados.

E, nas vésperas do mercado reabrir, o jogo de amanhã é uma boa oportunidade para um conjunto de jogadores – Vaná, Fabiano, João Pedro, Mbemba, Diogo Leite, Jorge, Chidozie, Sérgio Oliveira, Bruno Costa, Hernâni, Adrián López, André Pereira – se mostrarem ao treinador (e convencerem-no!) e/ou para ganharem ritmo de competição, que batalhas duras se avizinham.

Se este lote de jogadores, “reforçados” com Maxi, Herrera, Óliver, Corona e Soares, não chegar para ganhar a uma equipa do Belenenses SAD já sem qualquer hipótese de apuramento, paciência.

A consequência é que, provavelmente, não teríamos de ir a Braga jogar a Final Four da Taça Lucílio Baptista…

1 comentário:

Vidente Mor disse...

sem duvidas, SC tem dificuldade em integrar jogadores, muita dificuldade, nenhum serve, a especificidade do tipo de jogo de SC torna muito dificil a gestao do plantel, Bazoer tinha grandes hipoteses e armou se em esperto, jorge tecnicamente e muito bom mas para SC nao serve, joao pedro ...., mbemba foi caro , um pedido do treinador e ...., andre pereira e so o nosso mais completo avançado e nada, oliver mal comete um erro e fora da equipa, Maxi esta finito, hernano ok ja nos safou mas nao e consistente, corona nao gosta de ser def direito e tres jogos rasgadinhos para ele sao demais, TIRANDO O DESCALABRO E A PATETICE CONTRA O GUIMARAES, OS RESULTADOS TEM SAFADO SC, mas ele tem de ser mais flexivel NAO PODE SER ETERNAMENTE MAREGA, CASILLAS MAIS 9, NAO PODE.